5 de junho de 2016

Castrense Anderly Zargiski vence concurso Miss Eco Brasil 2016


A estudante universitária Anderly Zargiski, 1,71m de altura e 20 anos de idade, é a nova Miss Eco Brasil. A disputa pela coroa 2016 aconteceu em Belém, Pará, de 2 a 4 de junho, culminando em desfile final na noite de ontem, sábado. Anderly havia conquistado o título estadual que lhe deu o direito a disputar o nacional na primeira quinzena de fevereiro, em concurso realizado pela Megaron Eventos, em Paranavaí - PR. Anderly foi convidada a representar Castro na disputa estadual pela Organização Beleza Nacional, de Curitiba, a qual tem como seu Diretor Geral o empresário George Sada.


O Paraná fez bonito na disputa e conquistou alguns dos demais títulos importantes da noite. Além da coroa de Miss Eco Brasil 2016 conquistada por Anderly Zargiski, a Vice colocada foi a representante do Rio Grande do Sul, Heloísa Marchesi, que contudo é residente atualmente no Paraná. A Sra Eco Brasil 2016 é Simara Fachim e a Miss Teen National Ecology Brasil 2016 é Gaby Menon, ambas paranaenses e representando o estado.
O concurso Eco Brasil recebe assinatura de Leo Souza Produções.


23 de maio de 2016

Rafaela Torres conquista título no concurso Miss Brasil Intercontinental



Rafaela Torres é a nova Miss Região Sul

A bela Rafaela Torres, 25 anos de idade e 1,73m de altura, volta feliz à Curitiba, após sua participação na grande final do Miss Brasil Intercontinental 2016, em Itu, interior de São Paulo. Como representante do Paraná, Rafaela ficou entre as Top 10 do certame – eram 27 candidatas -  e conquistou a faixa de ‘Miss Região Sul’.
Ela tem coordenação da empresa curitibana Organização Beleza Nacional, cujo Diretor geral é George Sada, à frente da realização de concursos de beleza e treinamento de Misses desde 1983. A OBN também é a franqueada do concurso Miss Progress Brazil e representante da franquia Eco Paraná para a região dos Campos Gerais.
Durante os três dias do concurso, Rafaela vestiu ‘looks’ da loja curitibana Cabide Pink, o que considera ter sido fundamental para a conquista do título de a mais bela do Sul. Ela também contou com outros apoios para sua ótima performance: os treinamentos corporais de Rafaela são sempre na Academia Studio Corpo Livre, com orientações do Personal Trainer Luis Rafael Oliveira e contando com os suplementos alimentares da Japa Suplementos. Para chegar na medida ao concurso, ela fez uso de dieta detox da Empório Funcional. Os cabelos da bela são cuidados pelo Studio Young Salon by Fernando Young.
Sabrina Sancler, representante do Litoral de São Paulo, é a nova Miss Brasil Intercontinental. Em 2º lugar, como Miss Queen Beauty, Nabila Furtado, do Espírito Santo. Emanuele Costa, do Pará, ficou em 3º lugar. No Top 5 ainda Rayra Lyra, da Paraíba e Ana Cecília Moura, de Minas Gerais.

19 de maio de 2016

Miss Brasil Intercontinental acontece em Itu

Lily Amaral é a atual Miss Brasil Intercontinental e coroará sua sucessora no sábado, 21
O Teatro Maestro Eleazar de Carvalho (TEMEC), situado em Itu, São Paulo, será palco do concurso Miss Brasil Intercontinental 2016. A cidade recebe a partir de hoje, 19 de maio, as 27 candidatas que disputarão a coroa e o direito de ser representante do país em um dos mais tradicionais concursos de beleza do mundo: o Miss Intercontinental.
A final acontecerá no sábado, 21, a partir das20h30 e os ingressos já estão à venda no site www.sympla.com.br/miss-intercontinental-brasil-2016__58172
O credenciamento de imprensa pode ser realizado através do e-mail diretoria@castingmisses.org

Lily Amaral, Miss Brasil Intercontinental 2015
Muito além do tchauzinho de Miss
Neste ano, o Miss Brasil Intercontinental tem como lema o Empoderamento Feminino. Segundo os organizadores, os concursos de beleza ainda são vistos como inutilidade e as misses, tachadas como mulheres burras e fúteis. Miss não é profissão e sim representatividade, antes de serem misses, elas são estudantes, empresárias, médicas, balconistas, professoras, e assim como muitas mulheres, também lutam por autonomia, igualdade e respeito.
A proposta da edição de 2016 é valorizar não só as misses, mas as mulheres por trás da faixa e da coroa, empoderando-as, oferecendo subsídios para que estas possam empoderar outras mulheres, e principalmente, refutando a ideia de que concursos de beleza têm como objetivo reforçar estereótipos. Apenas uma das 27 candidatas representará o Brasil no Miss Intercontinental 2016, mas a intenção é que as candidatas possam empoderar outras mulheres, e assim sucessivamente.

Mais informações:
 
onheça todas as aspirantes ao título que competirão este ano: 
Representação Candidata I A Cidade
Acre Acre Iasmyne Sampaio 20 1.73 Rio Branco
Alagoas Alagoas Ruth Raphaella 20 1.68 Taquarana
Amapá Amapá Bruna Zanardo 24 1.79 São Paulo
Amazonas Amazonas Mirella Barca 19 1.75 Manaus
Amazonas Anavilhanas Sarah Chinikoski 18 1.80 Manaus
Bahia Bahia Anne Anjos 22 1.81 Macaúbas
Ceará Ceará Juliana Girão 24 1.74 Morada Nova
Distrito Federal (Brasil) Distrito Federal Karlla Cardoso 25 1.72 Brasília
Espírito Santo (estado) Espírito Santo Nabila Furtado 24 1.71 Cariacica
Fernando de Noronha Fernando de Noronha Ester de Paula 22 1.70 Sorocaba
São Paulo Grande São Paulo Patrícia de Ponte 22 1.75 Araras
Rio Grande do Sul Ilha dos Lobos Jocelaine Pereira 22 1.80 Passo Fundo
São Paulo Interior de São Paulo Tayná Cristina 17 1.82 Artur Nogueira
São Paulo Litoral de São Paulo Sabrina Sancler 22 1.71 Santos
Mato Grosso Mato Grosso Lidiane Klein 26 1.73 Almirante Tamandaré
Mato Grosso do Sul Mato Grosso do Sul Rafaela Dias 20 1.68 Três Lagoas
Minas Gerais Minas Gerais Ana Cecília Moura 24 1.80 Divinópolis
Pará Pará Emanuelle Costa 22 1.80 Ponta de Pedras
Paraíba Paraíba Rayra Lira 20 1.70 João Pessoa
Paraná Paraná Rafaela Torres 25 1.73 Curitiba
Pernambuco Pernambuco Roberta Xavier 18 1.74 Ribeirão
Rio de Janeiro Rio de Janeiro Nadini Falcão 23 1.70 Rio de Janeiro
Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul Suelen Camargo 24 1.75 Sapucaia do Sul
Santa Catarina Santa Catarina Evelin Stemposki 23 1.73 Porto União
São Paulo São Paulo Júlia Marques 17 1.73 Sorocaba
Sergipe Sergipe Flávia Polido 25 1.85 Tobias Barreto
Tocantins Tocantins Mary Caroline 23 1.73 Palmas

18 de maio de 2016

Miss Paraná Intercontinental disputa coroa nacional neste fim de semana




Rafaela Torres, Miss Paraná Intercontinental 2016, segue nesta quarta-feira, 18, para Itu- SP. Lá, a bela de 25 anos de idade e 1,73 m de altura, disputa a coroa nacional de Miss Brasil Intercontinental com outras 26 candidatas. Ela tem coordenação da empresa Organização Beleza Nacional, referência na realização de concursos de beleza e treinamento de Misses sob direção do experiente empresário e diretor teatral George Sada.

As candidatas se hospedam no Hotel KK a partir da quinta-feira, 19, e cumprem intensa agenda de atividades, que inclui também visita ao badalado Resort Dois Santos, onde acontecerá a prova de  biquíni. É também acirrada a briga por votos para eleição da Miss Popularidade, que acontece com participação do público pelo Portal Pageant Vote  (http://www.pageantvote.net/pageants/596/contestants/4733).

A realização do concurso nacional é de responsabilidade da Casting Misses, de São Paulo, capital, com direção de Elaine Cristina Souza. No sábado, 21, a mineira Lily Amaral coroará sua sucessora no Teatro Temec, em grande evento a partir das 21 horas.

Acompanhe o dia a dia do concurso nacional pelas Fan Pages www.facebook.com/missparanaintercontinental e www.facebook.com/orgbelezanacional e também pelo Snpachat da bela (rafitaatorres). 








Fotos e tratamento de imagens by Fabiana Guedes.

Locação: Museu Oscar Niemeyer - Curitiba - PR

Conheça todas as aspirantes ao título que competirão este ano: 
Representação Candidata I A Cidade
Acre Acre Iasmyne Sampaio 20 1.73 Rio Branco
Alagoas Alagoas Ruth Raphaella 20 1.68 Taquarana
Amapá Amapá Bruna Zanardo 24 1.79 São Paulo
Amazonas Amazonas Mirella Barca 19 1.75 Manaus
Amazonas Anavilhanas Sarah Chinikoski 18 1.80 Manaus
Bahia Bahia Anne Anjos 22 1.81 Macaúbas
Ceará Ceará Juliana Girão 24 1.74 Morada Nova
Distrito Federal (Brasil) Distrito Federal Karlla Cardoso 25 1.72 Brasília
Espírito Santo (estado) Espírito Santo Nabila Furtado 24 1.71 Cariacica
Fernando de Noronha Fernando de Noronha Ester de Paula 22 1.70 Sorocaba
São Paulo Grande São Paulo Patrícia de Ponte 22 1.75 Araras
Rio Grande do Sul Ilha dos Lobos Jocelaine Pereira 22 1.80 Passo Fundo
São Paulo Interior de São Paulo Tayná Cristina 17 1.82 Artur Nogueira
São Paulo Litoral de São Paulo Sabrina Sancler 22 1.71 Santos
Mato Grosso Mato Grosso Lidiane Klein 26 1.73 Almirante Tamandaré
Mato Grosso do Sul Mato Grosso do Sul Rafaela Dias 20 1.68 Três Lagoas
Minas Gerais Minas Gerais Ana Cecília Moura 24 1.80 Divinópolis
Pará Pará Emanuelle Costa 22 1.80 Ponta de Pedras
Paraíba Paraíba Rayra Lira 20 1.70 João Pessoa
Paraná Paraná Rafaela Torres 25 1.73 Curitiba
Pernambuco Pernambuco Roberta Xavier 18 1.74 Ribeirão
Rio de Janeiro Rio de Janeiro Nadini Falcão 23 1.70 Rio de Janeiro
Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul Suelen Camargo 24 1.75 Sapucaia do Sul
Santa Catarina Santa Catarina Evelin Stemposki 23 1.73 Porto União
São Paulo São Paulo Júlia Marques 17 1.73 Sorocaba
Sergipe Sergipe Flávia Polido 25 1.85 Tobias Barreto
Tocantins Tocantins Mary Caroline 23 1.73 Palmas